Título: Metamorfose dos centros urbanos: uma análise das transformações na centralidade de João Pessoa – PB 1970-2006

Autor: Paulo Augusto Falconi de Andrade

Orientador: Prof. Dr. Edson Leite Ribeiro

Categoria: Dissertação

Palavras-chave: urbanismo, planejamento urbano, revitalização de centros urbanos, uso do solo, expansão urbana, centro (João Pessoa, PB).

Resumo: O objetivo principal deste trabalho é investigar as implicações do processo de metamorfose na centralidade urbana de João Pessoa, sob a ótica dos usos e atividades centrais, no período que se inicia na década de 1970 e que se estende até os dias atuais. O âmbito espacial sobre o qual recai o foco do presente trabalho é a área central da cidade de João Pessoa. No entanto, é importante destacar que se farão referências a outros setores da cidade, os quais, nas últimas décadas, transformaram-se em novos redutos de centralidade. O recorte temporal, por sua vez, segue as transformações ocorridas de 1970 aos dias atuais, pois, a partir daquela década, ocorreram profundas transformações advindas dos paradigmas pós-modernos. Trata-se de uma fase de mudanças na estrutura intra-urbana de nossas cidades, onde um comércio seletivo e novos modos de vida surgem, influenciados pelos anseios das classes privilegiadas no contexto da sociedade de consumo. A metodologia utilizada compreende não apenas o levantamento bibliográfico, cuja importância se revela na construção da base teórica deste trabalho, mas também a análise do fenômeno das mudanças de centralidade, utilizando-se dados e indicadores fornecidos por instituições e pelo Laboratório do Ambiente Urbano e Edificado, da UFPB. Na cidade de João Pessoa, o centro principal expandiu-se, de forma predominante, na mesma direção da Avenida Epitácio Pessoa, seguindo o deslocamento das camadas de alta renda para a zona litorânea da cidade. Os resultados permitem concluir que o centro principal da cidade de João Pessoa possui uma decadência física em inúmeros imóveis e uma diminuição na dinâmica imobiliária em relação os “novos centros” da cidade. Contudo, do ponto de vista de atividades comerciais, de prestação de serviço e outras imprescindíveis para o processo de vitalidade da área, o centro tradicional da cidade de João Pessoa continua a produzir economia, sendo dotado do maior número de atividades licenciadas e de uma expressiva circulação monetária. Portanto, sua vitalidade e centralidade urbanas, que se expressam em uma diversidade de atividades de grande interesse sócio-econômico são, até o presente momento, bastante evidentes.

Origem: UFPB – Programa de Pós-Graduação em Engenharia Urbana e Ambiental (PPGEUA)

Acesso pela nossa equipe em: 16/12/2009

Anúncios