Título: Cidades mortas, preterito e presente vivos- a conservação da memoria em Cunha – SP

Autor: Erika Mesquita

Orientador: Maria Tereza Duarte Paes Luchiari

Categoria: Dissertação

Palavras-chave: Cunha (SP) – Vida e costumes sociais, Caipiras, Cultura local, Memoria, Patrimonio cultural – Preservação, Turismo

Resumo: Presenciamos a subordinação da cultura aos ditames do capital, a paisagem, como mais um produto à venda vem transformando os sentidos dos territórios e do patrimônio cultural. É um processo que vem alterando materialmente e simbolicamente o território e seus usos, por meio da refuncionalização turística que vem sofrendo o patrimônio cultural de Cunha. A apropriação de velhas paisagens e a reterritorialização de novas são responsáveis por uma nova reconfiguração espacial. Compreender a dimensão sócio-espacial dessas transformações em Cunha, com referencias culturais tão latentes, é o que nos propomos nessa análise.

Origem: Biblioteca Digital da UniCamp

Acesso pela nossa equipe em: 13/01/2010

Anúncios