Título: Lucio Costa – modernidade e tradição: montagem discursiva da arquitetura moderna brasileira

Autor: Abilio da Silva Guerra Neto

Orientador: Maria Stella Martins Bresciani

Categoria: Tese

Palavras-chave: Arquitetura moderna – Brasil , Planejamento urbano , Patrimonio cultural – Proteção – Brasil

Resumo: o trabalho trata do enorme vínculo existente entre o pensamento arquitetônico urbanístico de Lúcio Costa e o modernismo paulista da década de 20, em especial as concepções de arte e cultura defendidas por Mário de Andrade. A articulação entre modernidade e tradição visando uma arte moderna com estreitos vínculos com as raízes da nacionalidade defendida pelo intelectual paulista vai ser o ponto de partida para que o arquiteto carioca desenvolvesse sua visão de uma arquitetura ao mesmo tempo atualizada em relação aos princípios modernos europeus – em especial, os de Le Corbusier – e que mantivesse profundos vínculos com a arquitetura tradicional realizada por mestres anônimos durante o período colonial. Mário de Andrade e Lúcio Costa – intelectuais que tiveram papel fundamental na constituição do Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – forjaram uma política de tombamento e preservação fundada na relação entre modernidade e tradição e tutelada por homens engajados no ideário moderno. Trazendo à tona as múltiplas relações entre os discursos dos principais protagonistas do início do modernismo no Brasil – Tarsila do Amaral, Oswald de Andrade, Graça Aranha, Le Corbusier, Gustavo Capanema, Oscar Niemeyer, Affonso Eduardo Reidy e diversos outros -, atuantes nas mais diversas áreas – arquitetura, urbanismo, paisagismo, literatura, pintura, sociologia, estética, etc. -, como também a tradição crítica e historiográfica que consagrou uma certa visão do Brasil e de sua cultura – Philip Goodwin, Henrique Mindlin, Yves Bruand, Carlos Martins, Hugo Segawa, Otília Arantes, Margareth da Silva Pereira, Sophia da Silva Telles, etc. – , o trabalho tenta estabelecer os vínculos reais e imaginários entre a concepção intelectual de nte materializadas pelos arquitetos nacionais.

Origem: Biblioteca Digital da UniCamp

Acesso pela nossa equipe em: 06/01/2010

Anúncios