Título: O desenho urbano das áreas habitacionais sociais: subsídios para a elaboração de projetos

Autor: Jayme Cheque Junior

Orientador: Silvia Aparecida Mikami Gonçalves Pina

Categoria: Dissertação

Palavras-chave: Habitação popular , Loteamento , Planejamento urbano – Limeira (SP) , Planejamento estrategico

Resumo: No Brasil, as áreas habitacionais sociais apresentam-se como ilhas urbanas, sem integração com a malha urbana existente, configurando as periferias das cidades como paisagens homogêneas, repetitivas, monótonas e descontínuas. Neste cenário a estreita relação entre a configuração e dimensão do lote urbano com a qualidade da habitação indicam problemas envolvendo o conforto ambiental, a relação com o entorno, o bem-estar e os valores psico-culturais dos seus moradores. Existe grande pressão dos agentes imobiliários sobre o poder público para a redução dos parâmetros de vias públicas e área mínima dos lotes. Neste cenário, pressupõe-se que a diminuição do tamanho do lote para habitação social implica diretamente no projeto da casa e conseqüentemente na qualidade da moradia, do bairro, da cidade e da vida dos moradores. Com isso, esta pesquisa teve o objetivo de identificar e estudar as tipologias e configurações dos loteamentos populares, sua legislação urbanística e as moradias resultantes. Para análise desse universo dos loteamentos e seus efeitos na moradia, realizou-se pesquisa bibliográfica e levantamento de dados a respeito da legislação urbana específica para loteamentos populares, demanda habitacional, tipologias de loteamento, implantação e configuração topográfica e normas relativas ao sistema viário. Como estudo de caso, foi realizada pesquisa de campo na cidade de Limeira-SP, com o propósito de verificar a interferência do tamanho e configuração do lote na moradia em si. Foram pesquisados três loteamentos denominados populares, implantados em épocas diferentes e características urbanísticas distintas, com posturas municipais, lotes e suas dimensões diferenciadas. Como resultado propõe-se orientações, acessíveis e adequadas, para o desenho de áreas habitacionais de interesse social, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida dos cidadãos e do desenho urbano das cidades.

Origem: Biblioteca Digital da UniCamp

Acesso pela nossa equipe em: 06/01/2010

Anúncios