Título: Os princípios da síntese da forma e a análise de projetos arquitetônicos

Autor: Daniel de Carvalho Moreira

Orientador: Doris Catharine Cornelie Knatz Kowaltowski

Categoria: Tese

Palavras-chave: Projeto arquitetonico , Arquitetura – Projetos e plantas

Resumo: No início da década de 1960, o projeto arquitetônico foi influenciado por aplicações científicas que permitiram lidar com uma grande quantidade de informação na solução de problemas complexos. A partir dos princípios da filosofia da ciência, da teoria dos sistemas e da pesquisa operacional, diversos projetistas desenvolveram métodos de análise, síntese e avaliação para auxiliar os procedimentos de projeto. Entre os trabalhos apresentados neste período, destaca-se o livro “Notes on the synthesis of form” do matemático e arquiteto Christopher Alexander. Nessa obra, Alexander apresentou os princípios que orientam o projeto arquitetônico, e uma estrutura para gerir problemas complexos: o programa arquitetônico. Desde então, diversas técnicas de programa arquitetônico vêm sendo definidas e baseadas nos mesmos princípios. A partir dos princípios da síntese da forma e seus conceitos de forma, contexto, conjunto e ajuste, são definidas com maior precisão e objetividade as informações disposps no processo de projeto. Já o programa arquitetônico oferece o arcabouço que permite organizar as informações. Os três estudos de caso apresentados neste trabalho aproximam os conceitos da síntese da forma e do programa arquitetônico aos problemas práticos de projeto. A partir de entrevistas com arquitetos sobre projetos de residências unifamiliares, foram organizadas as informações levantadas segundo diferentes técnicas de programa: o procedim~nto descrito por Alexander, o método Problem Seeking e os valores de projeto definidos por Hershberger. Para isso, foi desenvolvida uma base de dados que permite reunir as informações sobre os projetos e organizá-Ias através das estruturas dos -programas arquitetônicos escolhidos. Também, foi desenvolvido um aplicativo computacional que reproduz a decomposição de sistemas (HIDEC~j, descrita por Alexander em seus primeiros trabalhos, e aplicado na análise dos estudos de caso. Mais de quarenta anos depois de sua primeira aplicação, o programa HIDECS foi reconstituído através de linguagens de computação atuais e está novamente disponível para uso em projetos. Os resultados desta tese permitiram verificar como cada estrutura colabora com a análise do projeto arquitetônico e identificar as origens das soluções em cada estudo de caso. A partir das análises individuais, os projetos foram compreendidos de novas maneiras. Em conjunto, os métodos de análise ressaltaram a importância do pensamento objetivo e da prática construtiva no processo de projeto.

Origem: Biblioteca Digital da UniCamp

Acesso pela nossa equipe em: 06/01/2010.

Anúncios