Título: O Abade Suger, a Igreja de Saint-Denis e os primódios da arquitetura gótica na ile-de-France do século XII

Autor: Marcos Monteiro Rabelo

Orientador: Luiz Cesar Marques Filho

Categoria: Dissertação

Palavras-chave: Arte medieval – Europa,  Abadias – França, Arquitetura gotica – Saint-Denis (França)

Resumo: A igreja abacial de Saint-Denis, situada nos arredores de Paris, figura entre os grandes monumentos da Idade Média européia. As fontes medievais abundam em referências à sua proeminência, designando-a como a ?mãe das igrejas francesas?. Por muitos séculos, ela foi o núcleo da prestigiosa abadia real, estatuto que a isentava de qualquer dominação feudal ou eclesiástica, estando sujeita apenas ao rei. No que respeita à história da arte, pode-se dizer que o período mais significativo na trajetória da igreja abacial é o da reforma promovida pelo abade Suger, realizada entre 1137 e 1144. Suger promoveu uma reformulação completa na parte ocidental (nártex) e na cabeceira (o coro e a cripta), transformando completamente o antigo edifício, da época carolíngia (século VIII). O nártex foi ampliado e ganhou elementos novos, como a rosácea na fachada, três portais de entrada e as estátuas-coluna, hoje desaparecidas, que flanqueavam o portal central. No coro, a mudança foi ainda mais intensa: a pequena abside carolíngia foi substituída por uma estrutura de grandes dimensões, equipada com sete capelas radiantes. A grande novidade ficava por conta dos vitrais que recobriam as janelas desses oratórios, os quais permitiam à luz do dia espalhar-se por todo o coro, desobstruído das grossas paredes. As mudanças estruturais e a nova concepção do espaço tornavam o edifício bastante distinto, quando comparado às construções românicas da época; a Saint-Denis de Suger é vista pelos estudiosos da arte medieval como um protótipo, onde a arquitetura gótica encontrou sua primeira definição, irradiando-se, nos séculos seguintes, para toda a Europa. Esta dissertação de Mestrado apresenta a tradução de um dos textos capitais para a compreensão das realizações de Suger em Saint-Denis, o De Consecratione Ecclesiae Sancti Dionysii, acompanhado de notas explicativas e dois textos críticos: um sobre o lugar de Suger na historiografia da arte medieval e outro acerca das relações entre teologia e ?estética? no templo edificado pelo abade.

Origem: Biblioteca Digital da UniCamp

Acesso pela nossa equipe em: 06/01/2010

Anúncios