Título: O significado da tradição na autoconstrução de moradias

Autor: Vanessa da Rosa Watrin

Orientador: Doris C. C. K. Kowaltowski

Categoria: Dissertação

Palavras-chave: Habitação popular , Conforto termico

Resumo: A presente pesquisa se concentra na área da habitação de interesse social e busca trazer contribuições para o conforto térmico de moradias autoconstruídas, a partir da experiência da arquitetura tradicional. O objetivo principal é investigar o que é considerado como tradição e qual é a noção de conforto térmico, em relação à moradia, que os autoconstrutores da cidade de Campinas-SP possuem. A arquitetura autoconstruída é uma forma de moradia muito presente na população de baixa renda e já chega a ser o modo predominante de se morar no Brasil, por isso a qualidade de vida que estas moradias proporcionam à população é de extrema importância. Como as condições climáticas locais não são rigorosas, não encontramos nas casas autoconstruídas uma presença sistemática de elementos arquitetônicos tradicionais positivos, demonstrando que a população de autoconstrutores não tem uma preocupação com, ou não prioriza as questões climáticas. Contudo, é de nosso interesse que o conhecimento acumulado pela arquitetura tradicional seja transmitido para os autoconstrutores, já que a arquitetura vernacular tradicional é internacionalmente conhecida por ter uma consciência profunda do clima e por garantir níveis satisfatórios de qualidade ambiental às construções.

Origem: Biblioteca Digital da UniCamp

Acesso pela nossa equipe em: 06/01/2010.

Anúncios