Título: Turismo, Patrimônio e Novas Teritorialidades em Ouro Preto – MG

Autor: Gabrielle Cifelli

Orientador: Maria Tereza Duarte Paes Luchiari

Categoria: Dissertação

Palavras-chave: Turismo – Ouro Preto (MG), Patrimonio cultural – Ouro Preto (MG), Geografia humana

Resumo: A subordinação da cultura aos ditames do mercado vem, nas últimas décadas, alterando os usos e sentidos do patrimônio cultural ao ser transformado em mercadoria destinada à fruição das massas. Tal processo tem suscitado uma série de alterações de ordem material e simbólica de certas proporçoes de território por meio de refuncionalização turística do patrimônio cultural e da conformação de novas territorialidade nas áreas centrais urbanas mais densamente apropriadas pelo turismo. A análise dessas vicissitudes na cidade de Ouro Preto, considerada como um dos mais tradicionais destinos turísticos nacionais, evidencia que o processo de refuncionalização turística do patrimônio cultural é espacialmente concentrador, atendo-se às porções centrais do perímetro tombado, onde localizam-se grande parte dos atrativos mais visitados e, consequentemente, o maior fluxo de visitantes, equipamentos e serviços requeridos pela atividade. Esta porção do território, denominada nesta pesquisa como o núcleo turístico de Ouro Preto, é também considerada como o centro comercial e de serviços da cidade, mantendo uma multiplicidade funcional destinada a suprir as necessidades da demanda externa e local, formada, em partes, pelos próprios moradores idosos pertencentes às classes sociais mais abastadas da cidade. A diversiudade funcional e social deste núcleo decorrentes deste particularismo, promove a adaptação, coexistência e/ou conflitos entre as territorialidades locais, conformadas por moradores e estudantes, e as novas territorialidades advindas do turismo, balizadas por disputas de interesses envolvendo o poder público, a iniciativa privada e a sociedade civil. Essa dinâmica sócio-territorial, além de evidenciar os particularismos locais, vislumbra também as novas relações materiais e simbólicas existentes entre sociedade, patrimônio e território em Ouro Preto.

Origem: Biblioteca Digital da UniCamp

Acesso pela nossa equipe em: 13/01/2010.

Anúncios