Título: A estrutura independente e a arquitetura moderna brasileira

Autor: Seina Marquardt

Orientador: Edson da Cunha Mahfuz

Categoria: Dissertação

Palavras-chave: Anhembi Tênis Clube. São Paulo (SP); Arquitetura : Década de 1930 : Brasil; Arquitetura: Década de 1950: Brasil; Arquitetura: Década de 1960: Brasil; Arquitetura moderna: História: Século XX; Cascaldi, Carlos; Conjunto Pedregulho: Rio de Janeiro (RJ); Costa, Lúcio, 1902-1998; Escola Carioca; Escola paulista; Faculdade de arquitetura: USP; Ginásio de Guarulhos. São Paulo (SP); Leão, Carlos Azevedo; Ministério da Educação e Saúde, Edifício (Rio de Janeiro, RJ); Moreira, Jorge Machado; Niemeyer, Oscar; Park Hotel São Clemente. Nova Friburgo (RJ); Pavilhão do Brasil, Edifício (Nova Iorque, Estados Unidos); Projeto arquitetônico; Reidy, Affonso Eduardo, 1909-1964; Vasconcelos, Ernani; Vilanova Artigas, João Batista, 1915-1985.

Resumo: Este trabalho tem como objetivo a análise de um conjunto de obras que pertence ao grupo da vertente modernista brasileira, parte da escola carioca e parte da escola paulista. O fator comum entre elas é a independência dos elementos estruturais em relação aos demais que compõem os edifícios. O período delimitado para este estudo começa em 1936 e vai até 1961, de acordo com as datas dos projetos analisados. Como os momentos de consolidação das duas escolas não são coincidentes, o período entre essas datas é o maior, de acordo com o panorama nacional e internacional, que não deve ser considerado isoladamente em relação a cada escola. A Arquitetura Moderna Brasileira, tendo por base os princípios do racionalisma estutural, sob forte influência corbusiana, trilha o caminho de uma produção própria, valendo-se da cultura e tecnologia locais. Utilizando-se os exemplos de Lúcio Costa, Affonso Eduardo Reidy e Vilanova Artigas, de temas diversos, puderam ser analisadas as influências internacionais recebidas e o legado deixado por eles à produção arquitetônica brasileira desde então. Acompanham o texto escrito ilustrações que, além de seu caráter complementar, são imprescindíveis para a compreensão deste trabalho.

Origem: Portal UFRGS – Repositório Digital LUME

Acesso pela nossa equipe em: 05 de out. de 2010.

Anúncios