Título: A identidade de um novo corpo e o corpo mutante da arquitetura: as próteses como mediação sensório-espacial na experiência arquitetônica

Autora: Flávia Nacif da Costa

Orientador: Fernando Delfino de Freitas  Fuao

Categoria: Dissertação.

Palavras-chave: Crítica arquitetônica; Espaço; Espaço arquitetônico; Espaço urbano: Transformação; História da arquitetura; Tecnologia; Tempo.

Resumo: O trabalho trata das modificações sofridas pelo corpo desde que a ele se somaram próteses — aparatos tecnológicos —, especialmente a partir do advento da Revolução Industrial, mudanças essas que reverberaram na produção de espaço da arquitetura. Tem-se como hipótese que tais transformações do corpo, ao interferirem no modo como o mundo é percebido e experimentado pelo homem, trazem questões a serem refletidas no âmbito da arquitetura, uma vez que o cenário atual em que ela se produz aponta para novas vivências do espaço urbano. Analisa-se que arquitetura é possível diante de um meio ciborgue, em que as contaminações do corpo pela máquina mobilizam novas formas de aproximação entre usuário e obra.

Origem: Portal UFRGS – Repositório Digital LUME

Acesso pela nossa equipe em: 07 de out. de 2010.

Anúncios