Título: Casas modernas cariocas [1930-1965]

Autores: Márcia Heck

Orientador:  Carlos Eduardo Dias Comas

Categoria: Dissertação.

Palavras-chave: Arquitetura: Década de 1930: Brasil; Arquitetura: Década de 1940: Brasil; Arquitetura: Década de 1950: Brasil; Arquitetura: Década de 1960: Brasil; Arquitetura moderna: História: Século XX; Casas; Escola Carioca; Residências.

Resumo: Esta dissertação visa traçar um panorama representativo das casas modernas cariocas dentro do quadro da arquitetura moderna brasileira de 1930 a 1965. Para tanto, utiliza-se da reunião catalográfica de 145 exemplares de autoria de arquitetos nascidos ou radicados no Rio de Janeiro, localizadas no estado do Rio ou eventualmente fora dele. Os objetos de estudo são apresentados cronologicamente em sete períodos, correspondentes à incubação (1930-35), à eclosão (1936-39), à emergência (1940- 45), à consolidação (1946-50), à hegemonia (1951-55), à mutação (1956-60) e ao conseqüente ocaso (1961-65) da arquitetura moderna brasileira. A constituição do panorama é feita sistematicamente sobre dados extraídos da documentação publicada nacional e internacionalmente, através de tabulações e fichamentos. A identificação dos exemplares permite, primeiramente, ampliar e formatar um conjunto disperso; num segundo momento, a leitura dos dados facilita a análise e gera comentários que buscam somar um enfoque qualitativo à coletânea. As verificações corroboram a validade atemporal da arquitetura moderna brasileira e apontam para a necessidade de abertura de colunas intermediárias de classificação, que contemplem os ‘caminhos do meio’ entre o figurativo e o abstrato, o particular e o universal, o vernáculo e o erudito, o tradicional e o moderno.

Origem: Portal UFRGS – Repositório Digital LUME

Acesso pela nossa equipe em: 19 de out. de 2010.

Anúncios