Título: Estruturas formais: casa modernas brasileiras 1930-1960

Autores: Jesus Henrique Cheregati

Orientador: Edson da Cunha Mahfuz

Categoria: Dissertação

Palavras-chave: Arquitetura moderna; Brasil; Casas; Forma arquitetônica; Residências unifamiliares.

Resumo: O presente estudo analisa a arquitetura residencial unifamiliar moderna brasileira, em São Paulo e no Rio de Janeiro, no período compreendido entre os anos de 1930 e 1960, a partir de suas estruturas formais, entendidas como o conjunto dos princípios geradores da identidade do edifício. Foram escolhidas 15 casas, classificadas em três grupos de estruturas formais. A análise de cada uma delas foi subsidiada pela teoria do Quaterno Contemporâneo, assim denominada pelo arquiteto Edson da Cunha Mahfuz. O trabalho analítico dos exemplos selecionados teve como objetivo apreender como a modernidade se expressou por meio da estrutura formal da arquitetura residencial, que se acredita abarcar um repertório de produção arquitetônica no Brasil cujas estruturas formais estão recheadas de significados. Através do estudo dessas estruturas é possível refletir sobre a história arquitetônica do século XX.

Origem: Portal UFRGS – Repositório Digital LUME

Acesso pela nossa equipe em: 07 de out. de 2010.

Anúncios