Título: Habitação popular em Goiânia: Vila Mutirão mil casas em um dia

Autores: Silvio Antônio de Freitas

Orientador: Heitor da Costa Silva

Categoria: Dissertação

Palavras-chave: Avaliação pós-ocupação; Casas; Concreto pre-moldado: Estruturas; Conforto térmico; Conjuntos habitacionais: Loteamentos; Goiânia (GO); Habitacao popular; História urbana; Política urbana; População de baixa renda; Projeto arquitetônico; Residências: Projeto; Segregação social; Segregação urbana; Tecnologia da construção: Pré-fabricação.

Resumo: O objetivo desta dissertação é o de analisar uma experiência de habitação popular, o Programa Mutirão da Moradia, executado em Goiânia (GO), em 1983, quando em um único dia – 16 de outubro – foram construídas mil casas com peças pré-moldadas de concreto. Os dados utilizados para essa análise foram extraídos de documentos oficiais, de arquivos particulares dos profissionais que trabalharam no programa e das entrevistas por eles concedidas. O interesse pelo tema se justifica pelo fato de tratar-se de um programa destinado a resolver o déficit habitacional para a população de baixa renda e, acima de tudo, a provocar um impacto capaz de promover politicamente o governador Íris Rezende, em âmbito nacional. A dissertação está estruturada em cinco capítulos em que se enfocam o projeto, a implementação, o mutirão, as controvérsias e os desafios da ocupação. Na conclusão, fica claro que os objetivos políticos do então governador foram alcançados, mas que a experiência construtiva em larga escala não foi aprimorada. Vale ressaltar que, apesar das inúmeras falhas, o processo construtivo era inovador.

Origem: Portal UFRGS – Repositório Digital LUME

Acesso pela nossa equipe em: 29 de out. de 2010.

Anúncios