Título: A “comitância” dos específicos com o genérico: a preservação do patrimônio em Curitiba e a arquitetura dele resultante de 1965 a 2000.

Autores: Jeferson Dantas Navolar

Orientador: Mario Mendonça de Oliveira

Categoria: Dissertação.

Palavras-chave: Não disponivel.

Resumo: Esta dissertação trata da preservação do patrimônio arquitetônico em Curitiba, a qual, desde 1965, esta diretamente vinculada ao Planejamento Urbano. Por consequência, a cidade teve seus conjuntos arquitetônicos preservados – preservação genérica – sem o trauma dos tombamentos. Por outro lado, essa vinculação demonstrou-se grosseira, no trato das unidades isoladas – preservação específica. Em Curitiba, o principal instrumento legal utilizado para a preservação das unidades isoladas é também uma operação urbana, ou seja, é a possibilidade da transferência do Potencial Construtivo, depois de restauradas. Entretanto, a maioria dessas iniciativas, recai sobre aquelas unidades com maior volume de potencial construtivo – determinado pelo Zoneamento Urbano – independentemente do grau de importância histórica ou arquitetônica que essa unidade tem para a história da cidade. Ao mesmo tempo em que estimula essa falsa preservação, o Poder Público municipal, também constrói, nos Parques da cidade, réplicas da arquitetura aqui produzida pelos imigrantes italianos, ucranianos, alemães, poloneses e japoneses, principalmente. As conclusões iniciais confirmam a tendência inflacionária tanto quanto à tipologia dos imóveis eleitos para preservar a memória da cidade, bem como na arquitetura resultante das respectivas intervenções.

Origem: Portal PPGAU/ FAUFBA

Acesso pela nossa equipe em: 30 de nov. de 2010.

Anúncios