Título: Espaços urbanos: uma produção popular – qualificação e requalificação do bairro George Américo – Feira de Santana – Bahia – 1987-1998

Autores: Gessiene Oliveira Caldas

Orientador: Angelo S. Perret Serpa

Categoria: Dissertação

Palavras-chave: Não disponivel.

Resumo: Esta é uma história vivida, real. Ora se confunde com a história da produção dos espaços urbanos da cidade de Feira de Santana – Bahia, ora com a história do “homem” George Américo (líder dos Sem-Teto de Feira de Santana), ora com a história do movimento pela conquista do próprio lugar – o espaço. Se este trabalho é o resultado de um estudo voltado para a análise da questão política, social e organizativa no processo de construção e produção do espaço urbano, também é o resultado do esforço de investigação a respeito da participação popular nas questões da cidade, nesse caso, a questão da produção do espaço urbano para fins de moradia. Passaram-se dez anos de história desde a formação do bairro George Américo. Inicialmente, esse episódio foi acompanhado pela pesquisadora no momento de sua ocorrência, em 28 de novembro de 1987, quando, naquele período, já se interessava-se por questões coletivas, acompanhando as informações fornecidas pela imprensa feirense, especificamente as do Jornal Feira Hoje, o jornal local de maior circulação na cidade. O interesse pela temática foi se consolidando durante os anos e, neste trabalho, procura-se realizar um estudo sobre o Movimento dos Sem-Teto de Feira de Santana. A opção – claramente expressa – é a de analisar o processo de produção de um dado espaço da cidade, o bairro George Américo, produzido a partir de uma ação popular “planejada” pelo Movimento dos Sem-Teto, em uma ocupação de terra de propriedade pública, que contou com a participação de um grande número de pessoas, para verificar o rebatimento nos dias atuais quanto à qualidade de vida dos moradores. Este trabalho tem também outro significado: o engajamento do profissional técnico (pesquisa participante) através do envolvimento de quarenta estudantes dos diversos cursos de graduação e alguns professores da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS) com o movimento de moradores do referido bairro, numa ação interativa e participativa, não apenas para confirmar a responsabilidade social desses profissionais, mas por considerar que, à medida que os homens interagem, podem transformar a realidade. Do resultado dessa pesquisa e a partir da contribuição dos diversos atores envolvidos, pretende-se levantar indicadores que possam nortear a construção indicativa da proposta, apresentada nas Considerações Finais do trabalho, em forma de “Carta de Prioridade”, que servirá de instrumento de luta dos moradores, visando à requalificação e à promoção social do espaço habitado – o George Américo.

Origem: Portal PPGAU/ FAUFBA

Acesso pela nossa equipe em: 26 de nov. de 2010.

Anúncios