Título: Inventário das tipologias, morfologia e do processo de produção do espaço concreto: o caso de Novos Alagados em Salvador, Bahia – Brasil

Autores: Jean Paul Monin Aka

Orientador: Antonio Heliodório Lima Sampaio

Categoria: Dissertação

Palavras-chave: Não disponivel.

Resumo: Um dos processos da urbanização que mais tem merecido a atenção dos técnicos e cientistas têm sido a favelização de trechos das cidades, em decorrência do crescimento demográfico rápido e seus consequentes problemas sociais. Salvador tem, em Novos Alagados, um exemplo dos mais representativos e interessantes de formas de apropriação organizacional no uso do espaço invadido. O presente trabalho, fruto de observações acumuladas ao longo de três anos, tenta explicar os processos sociais, econômicos e políticos que concorreram para a origem e desenvolvimento das favelas. O estudo enfatiza a análise das tipologias, morfologia e produção do espaço concreto em Novos Alagados, mostrando também a evolução que essa favela experimentou até o presente momento, bem como a sua lenta integração ao modelo urbano. Procura-se enxergar os Novos Alagados como espaços que podem ser reablilitados e não como “guetos” ou “cânceres” da cidade. Do mesmo modo, devem ser consideradas suas formas espontâneas de organização espacial. Neste trabalho, procurou-se entender, de forma mais clara, as razões do surgimento e desenvolvimento da favela de Novos Alagados. Estudou-se a evolução do habitat desde sua origem, descrevendo cada uma das etapas ilustradas por desenhos dos barracos, indicando o modo construtivo, os materiais e as técnicas empregadas e a organização espacial com seus componentes. Percebe-se que os problemas de Novos Alagados requerem soluções que pertencem, na sua essência, aos moradores, fugindo da postura distante e contida dos poderes públicos, cabendo a nós propiciarmos os meios de alcançarem seus objetivos. Para isso, devem ser considerados como elementos indispensáveis o apoio ao uso das técnicas tradicionais ao lado da aprendizagem de novas tecnologias, adequando-as às necessidades dos mais pobres e permitindo a um maior número o acesso a um abrigo digno. Além disso, é necessário que se enfatizem os mecanismos de uma participação social à imagem do processo espontâneo, que é a base da organização em Novos Alagados.

Origem: Portal PPGAU/ FAUFBA

Acesso pela nossa equipe em: 25 de nov. de 2010.

Anúncios