Título: O cenário da vida urbana: a definição de um projeto estético para as cidades brasileiras na virada do século XIX/XX

Autores: Maria Berthilde de Barros Lima e Moura Filha

Orientador: Marco Aurélio A. de Filgueiras Gomes

Categoria: Dissertação

Palavras-chave: Não disponivel.

Resumo: O objetivo desta pesquisa é identificar e entender o projeto estético que orientou a construção de cenários urbanos representativos das cidades brasileiras do final do século XIX e início do século XX. Entende-se por projeto, o processo através do qual se selecionam e organizam  determinados elementos, estabelecendo entre eles novas relações, para a obtenção de espaços arquitetonicamente concebidos. Para essa análise, tomou-se como referência a linha de trabalho de autores como Rossi e Aymonino, que enfocam a cidade a partir da relação existente entre a arquitetura e a morfologia urbana. Com base nesse referencial teórico, traçou-se um percurso para orientar o estudo do projeto estético, que será abordado a partir da estruturação da paisagem urbana, marcada pela presença de um elemento de análise específico – as construções destinadas a teatros – que, assim como os demais equipamentos urbanos, multiplicavam-se nas cidades, no período em estudo, surgindo como novas tipologias de arquitetura, com intuito não só de atender às necessidades impostas pelo contexto urbano, mas também concebidos, em determinados momentos, como uma arquitetura monumental, cujas faces importavam para a configuração e valorização do cenário urbano. Em um primeiro momento desta dissertação, centra-se a análise na cidade do Rio de Janeiro, procurando, através del, identificar e delimitar o projeto estético em estudo, extraído como resultado de um processo de redefinição do espaço urbano das cidades brasileiras, o que atravessou todo o século XIX, consolidando-se já no início do século XX, em especial com a reforma urbana empreendida no Rio de Janeiro. Optou-se por identificar o projeto estético enfocando essa cidade, por considerá-la como um paradigma para todo o país naquele momento, surgindo como referência, sempre que a intenção era a modernização e embelezamento de algum espaço urbano. Delimitado esse projeto estético, parte-se para identificar a abrangência e penetração que o mesmo teve em outras partes do Brasil e, nesse sentido, direciona-se a análise para uma área específica – a região Nordeste. Adota-se, aqui, a mesma forma de abordar o espaço urbano, e toma-se, mais uma vez, as construções destinadas a teatros como elemento de análise, a partir dos quais se estuda a estruturação e concepção arquitetônica de alguns cenários valorizados por princípios estéticos, com o objetivo de torná-los representativos daquele momento de progresso e civilização, vivido pelas cidades brasileiras, na virada do século XIX/XX.

Origem: Portal PPGAU/ FAUFBA

Acesso pela nossa equipe em: 25 de nov. de 2010.

Anúncios