Título: Salvador – Cabeça do Brasil. A participação da engenharia militar na configuração de seu espaço urbano (século XVII)

Autores: Alfredo Henrique Caldas de Souza

Orientador: Pedro de Almeida Vasconcelos

Categoria: Dissertação

Palavras-chave: Não disponivel.

Resumo: Este trabalho se propõe a apresentar, no contexto histórico de aquisição e sistematização dos conhecimentos científicos do Renascimento pela Coroa Portuguesa, uma análise morfológica da cidade do Salvador, na Bahia do século XVII. Esses conceitos foram apreendidos e sistematizados pelos lusitanos e utilizados em intervenções urbanas em pontos estratégicos dos territórios colonizados. Nesse período, em que relevantes questões políticas tomaram lugar, a cidade adaptou-se a uma forma de intervenção e projetação das estruturas urbanas, tendo como objetivo, em alguns casos, a defesa da praça forte. O quadro técnico da engenharia Militar, atuando na Cabeça do Brasil, através de projetos, levantamentos e intervenções que visavam a torná-la inexpugnável, teve uma ação decisiva na sua conformação espacial. Nosso estudo contemplou a análise de cartografias e iconografias do período, em sua maioria portuguesas, com o objetivo de entender Salvador como cidade voltada para a defesa e, portanto, com importantes referências das tratadísticas renascentistas, sem perder de vista os importantes referenciais da urbanística portuguesa que, nesse processo de profundas transformações, procurou conciliar tradição e modernidade.

Origem: Portal PPGAU/ FAUFBA

Acesso pela nossa equipe em: 26 de nov. de 2010.

Anúncios