Título: Aproveitamento Da Água De Chuva Para Consumo Não Potável Em Condomínios Horizontais Da Cidade De João Pessoa – Pb

Autores: Isabelle Yruska de Lucena Gomes Braga

Orientador: Celso Augusto Guimarães Santos

Categoria: Dissertação

Palavras-chave: condomínio horizontal fechado, escassez água, aproveitamento água de chuva.

Resumo: Este trabalho trata sobre o aproveitamento de água de chuva em finalidades não potáveis, tais como irrigação de jardins, lavagem de carros, lavagem de calçadas, dentre outros, utilizando como estudo de caso um condomínio horizontal da cidade de João Pessoa. Para tanto, foi necessário caracterizar a precipitação e as demandas de água de consumo, quantificar os usos da água em um condomínio, analisar a qualidade da água de chuva, dimensionar o reservatório de água de chuva e, por fim, verificar a aceitação social do uso da água de chuva em atividades não potáveis. Foram analisadas duas séries de precipitação da cidade de João Pessoa referentes aos períodos 1937 a 1970 e 1994 a 2006, em que foi verificado um sinal anual de significância de 10%, revelando a existência de uma estação chuvosa anual na cidade de João Pessoa. Para analisar o comportamento de cada ano nas séries estudas, foi realizada uma análise na faixa de 8–16 meses, revelando a viabilidade do uso da água de chuva na cidade, do ponto de vista técnico quanto à freqüência da precipitação e teste de significância. Para caracterizar as ofertas de água de consumo foram utilizados dois postos pluviométricos e o consumo total de água foi registrado de maio de 2005 a maio de 2007. Na quantificação dos usos de água foi necessário inserir um questionário respondido pelos moradores incluindo questões relacionadas ao aproveitamento da água de chuva. As amostras coletadas para verificar a qualidade da água de chuva foram analisadas nos laboratórios da UFPB, constatando sua qualidade em finalidades não potáveis. O reservatório é um item importante no sistema de água de chuva, devendo ser dimensionado corretamente para não inviabilizar economicamente o sistema. Os métodos utilizados para dimensionar o reservatório foram o método de Rippl, método prático brasileiro, método prático alemão, método prático inglês, método prático australiano e o método Monte Carlo. Considerando que os condomínios horizontais são pequenas cidades, os resultados obtidos neste trabalho podem servir de exemplo para as cidades como um todo.

Origem: Portal PPGEUA – UFPB

Acesso pela nossa equipe em: 03 de dez. de 2010.

Anúncios