Título: Condomínios fechados. A produção habitacional contemporânea e a auto-exclusão dos ricos no espaço urbano de Natal – RN (1995 – 2003).

Autores: Maria Florésia P. de Souza e Silva

Orientador: Prof Dr Márcio Moraes Valença

Categoria: Dissertação

Palavras-chave: Condomínios Horizontais, Produção Imobiliária, Legislação Urbanística

Resumo: Este trabalho analisa a rápida evolução dos condomínios residenciais horizontais na cidade do Natal, RN. Identificados como grandes transformadores do espaço, os condomínios horizontais normalmente utilizam glebas muito extensas e se constituem em conjuntos residenciais de baixíssima densidade. Introduzem novos ideais de bem viver que incorporam elementos sofisticados de segurança e infra-estrutura privada. Este tipo de produção imobiliária tem se proliferado e diversificado independentemente da longa lista de questionamentos e críticas levantadas pela sociedade e estudiosos da matéria urbana quanto à privatização do espaço, indiferença às leis existentes e fragmentação, ou não integração, ao planejamento e construção das cidades onde se implantam. As razões deste crescimento nas cidades brasileiras são analisadas considerando o impacto formal no espaço urbano, na arquitetura e na infra-estrutura e serviços públicos, buscando identificar padrões e problemas, assim como, as questões legais, sociais e mercadológicas envolvidas. Este trabalho baseia-se em um estudo de caso dos três primeiros grandes condomínios construídos em Natal, entre 1995 e 2003, observando sua consolidação através do tempo, a partir de entrevistas com os principais atores envolvidos no processo. O principal objetivo desta pesquisa é discutir as causas e porquês da rápida transformação e aceitação desses empreendimentos como ideal de bem viver, que os tornaram um fenômeno no mercado imobiliário brasileiro e em particular na nossa cidade.

Origem: Portal SIGAA/ PPGAU/ CT/ UFRN

Acesso pela nossa equipe em: 14 de março de 2011.

Anúncios