Título: A dimensão pública da arquitetura em museus: uma análise de projetos contemporâneos

Autores: Paula Zasnicoff Duarte Cardoso da Silva

Orientador: Professora Doutora Celina Borges Lemos

Categoria: Dissertação

Palavras-chave: Museus – História. Arquitetura de museus

Resumo: Esta dissertação apresenta um estudo sobre a dimensão pública da arquitetura contemporânea de museus baseado na análise de três projetos: a Pinacoteca do Estado de São Paulo (1993-1998), de Paulo Mendes da Rocha; a Fundação Iberê Camargo (1998-2007), em Porto Alegre, de Álvaro Siza e o Museu de Arte Contemporânea do século XXI de Kanazawa (1999-2004), no Japão, de Kazuyo Sejima e Ryue Nishizawa. Esta pesquisa pretende discorrer sobre a interface entre arquitetura, arte e educação e investigar possibilidades de aplicação da arquitetura para a potencialização do museu contemporâneo. Para a contextualização do tema, parte-se de uma evolução histórica institucional e espacial dos museus, para então se realizar a análise dos projetos contemporâneos. A metodologia utilizada dividiu a análise em dois momentos, o primeiro de caráter documental, em que os projetos são avaliados sob quatro aspectos: a instituição, o arquiteto, o sítio e o edifício; e o segundo de aporte crítico, em que se avalia a dimensão pública dos projetos em questão utilizando-se dos seguintes balizadores: projetos de ação, proposição urbana, monumentalidade e pertinência programática. Uma reflexão em torno da dimensão pública da arquitetura e sua evolução do movimento moderno à contemporaneidade conclui o trabalho, que busca criar parâmetros para projetos futuros.

Origem: Biblioteca Digital UFMG

Acesso pela nossa equipe em: 23 de set. de 2010.

Anúncios