Título: A poética do construir: a arquitetura da construção

Autores: Marcela Silviano Brandão Lopes

Orientador: Profª. Drª. Maria Lúcia Malard

Categoria: Dissertação

Palavras-chave: Forma, Materialidade, Tectônica, Projeto, Processo construtivo.

Resumo: Tendo como ponto de partida o excessivo desmembramento do fazer arquitetônico, propusemos a aproximação do projeto com seu processo construtivo, não como a necessidade da presença do arquiteto no canteiro de obras, mas como um retorno à materialidade da arquitetura e à poética da construção. Para isso, apresentamos os conceitos de forma e sua relação com os ditos operadores pragmáticos da equação arquitetônica (lugar, uso e técnica), condensados no conceito de “material formal”, usado apenas como ponto de partida na seleção dos edifícios estudados e de seus procedimentos projetuais. Nos exemplos selecionados analisamos as formas de interação entre as disciplinas envolvidas, a relação das tecnologias com as questões econômicas vigentes na época, além da solução formal resultante e a relação do projeto com a sua execução. Concluímos que a interação entre as disciplinas envolvidas no projeto deva acontecer desde a concepção do projeto, que uma equipe “aberta” às contaminações recíprocas é vista como fundamental para um bom desenvolvimento do projeto, e que há evidências de que a opção pelos materiais e sistemas construtivos deva ser sempre problematizada e contextualizada. Em relação à forma, não parece haver vantagem no fato de ela anteceder o processo, mas que traduza o resultado de uma operação arquitetônica complexa, na qual a escolha dos materiais e sistema construtivo seja ser uma das suas variáveis.

Origem: Biblioteca Digital UFMG

Acesso pela nossa equipe em: 24 de set. de 2010.

Anúncios