Título: Arquitetura contemporânea: processando a teoria através da prática

Autores: Mariza Barcellos Góes

Orientador: Prof. Drª. Maria Lúcia Malard

Categoria: Dissertação

Palavras-chave: Não tem.

Resumo: Entre as muitas indagações presentes no cenário da arquitetura contemporânea, constata-se o distanciamento, existente hoje, entre a teoria, a reflexão crítica e a prática da arquitetura. Como resultado, torna-se necessário encontrar um meio para transpô-lo, possibilitando aos arquitetos e estudantes um projetar mais harmônico e eficaz. Nesta dissertação, são apresentadas, inicialmente, algumas das principais abordagens sobre os métodos racionais de projetação e, em seguida, as razões pelas quais eles não foram incorporados à prática da arquitetura. É feito um paralelo entre o desenvolvimento dos métodos de projetação e o da psicologia do pensamento. São apresentadas, ainda, as principais posições teóricas sobre a projetação, nas quais, fica em evidência a importância do processo projetual. Com essas abordagens iniciais, chega-se à conclusão de que somente através de uma fundamentação teórica engajada e baseada na prática é que será possível contribuir para o fazer arquitetônico. Com esta finalidade, é apresentada uma investigação sobre a prática dos arquitetos contemporâneos. A pesquisa qualitativa, aqui desenvolvida, foi realizada através de entrevistas em profundidade, com um grupo de dezoito arquitetos. Cada um deles ainda contribuiu, para esta pesquisa de campo, com o fornecimento de um de seus próprios projetos. Tanto essas entrevistas como esses projetos refletem e descrevem o pensamento e o fazer arquitetônico, dentro do âmbito da práxis profissional. A epistemologia da prática ao ser observada, através da atuação dos profissionais frente à singularidade, à complexidade, à instabilidade e às incertezas projetuais, encontradas no dia-a-dia dos escritórios de arquitetura, poderá nos ajudar a compreender como o processo projetual se desenvolve. A teoria construída a partir desses resultados poderá contribuir para a melhoria do trabalho dos profissionais, dos estudantes, como também, para o ensino de projeto. Poderá ainda promover a tão necessária interação entre a teoria e a prática arquitetônica.

Origem: Biblioteca Digital UFMG

Acesso pela nossa equipe em: 24 de set. de 2010.

 

Anúncios