Título: Subsídios para o estudo da história da preservação do patrimônio cultural no Brasil: os conflitos de uma trajetória

Autores: Vanessa Baggio Franco Perez

Orientador: Prof. Dr. André Guilherme Dornelles Dangelo

Categoria: Dissertação

Palavras-chave: IPHAN. Lucio Costa. Preservação. Intervenção. Preexistência. Critérios. Conflitos.

Resumo: O presente trabalho trata da preservação arquitetônica no Brasil desde a criação do IPHAN, em 1937, por ela representar o passo efetivo na proteção do nosso patrimônio cultural, juntamente com a atuação de um dos seus personagens mais influentes, Lucio Costa. Com o objetivo de entender como o patrimônio vem sendo trabalhado, procuraremos analisar como se tem dado a interação entre o novo e o velho, desde então. Paralelamente à investigação do amadurecimento na forma de abordar o patrimônio, da evolução das recomendações e teorias de restauro e dos conceitos e valores no cuidado com a herança brasileira, vamos trabalhar com as ações, propriamente ditas, de intervenção restaurativa em preexistências, sejam elas edificações ou núcleos históricos de interesse de preservação, as quais ilustrarão essa trajetória de 70 anos. Essas ações, acreditamos, ajudarão a nos posicionar de modo, cada vez mais, crítico em relação à nossa atuação contemporânea e, possivelmente, a contribuir com questionamentos que venham gerar bases mais consistentes para a construção de nossos princípios e parâmetros de preservação. Assim, á luz de um acordo entre a permanência dos testemunhos da nossa História, o nosso modo de vida e as novas necessidades do mundo atual, pretendemos prestar uma contribuição na busca do desenvolvimento – social, cultural, econômico e político – que acreditamos ser alcançado somente através da aliança entre a tradição e as ações transformadoras.

Origem: Biblioteca Digital UFMG

Acesso pela nossa equipe em:  04 de out. de 2010.

Anúncios