Título: “Barra do Piraí ainda é terra de jongueiros”: Patrimônio familiar e patrimônio cultural entre permanências e transformações do Jongo no Sudeste.

Autor: Luana da Silva Oliveira

Orientador: Paulo Knauss de Mendonça

Categoria: Dissertação

Palavras-chave: Memória; Identidade; Patrimônio Cultural; História; Jongo.

Resumo: O projeto “Jongo – de patrimônio familiar a patrimônio cultural brasileiro: permanências e transformações entre tradição e modernidade” pretende contribuir para discussão da nova noção de patrimônio, vendo-o de forma dinâmica como conformador de permanências e transformações, sendo estas compostas por história, memória e identidade. A partir de entrevistas de História Oral e investigação em publicações locais e leis, analisar como os jongueiros lêem o passado e usam o mesmo como instrumento contemporâneo em suas lutas atuais. Nesse sentido, discutir como os agentes culturais que receberam o título de patrimônio lidam com as permanências e transformações, e como este binômio se situa na tensão que existe entre tradição e modernidade. Considerando que esta problemática envolve um contexto em que está presente nos documentos oficiais a noção de diversidade cultural.

Origem do arquivo: Portal UFF – PPGH

Acesso em: 04 de junho de 2012.

Anúncios